Chegam as pistolas calibre 380 e Guarda Municipal de Maringá começa treinamento de tiro em curso de 254 horas de duração

Os 35 guardas municipais de Maringá aprovados no curso de formação em segurança pública da Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças começam o treinamento prático de tiro no dia 26 deste mês, uma segunda-feira, com 254 horas de duração.

As 50 pistolas Taurus TH Hammer calibre 380, compradas por R$ 197,7 mil já chegaram e se somam aos dez revólveres Taurus calibre 38 e 14 escopetas calibre 12 que compõem o arsenal da Guarda Municipal (GM), que deverá passar a fazer patrulhamento com armas letais em 2019.

O secretário de Segurança Pública, Antônio Padilha, disse que armar a GM foi compromisso de campanha do prefeito e que “a comunidade não precisa se preocupar. Serão armados apenas os guardas que passaram por curso teórico e prático com mais de 800 horas e rigorosa avaliação psicológica”.

O tenente-coronel Padilha observou que há previsão da aquisição de mais um lote de armas para 2019. “Os equipamentos podem ser apreendidos em inquéritos policiais e outros procedimentos, necessitar reparos e manutenções que nos obrigam a ter armas reservas”, afirmou.

O instrutor da Polícia Militar, sargento Barion, destacou a responsabilidade do guarda municipal na utilização do armamento. “Um projétil de pistola pode percorrer 500 a 600 metros e o de fuzil pode chegar a 5 quilômetros. A partir daí podemos imaginar o risco de um tiro perdido”, assinalou.

O prefeito Ulisses Maia disse que foram investidos “R$ 365 mil em armamentos e que “em breve a corporação contará com uma sede própria em ponto estratégico, uma região com a presença de delinquentes”. O Estatuto da Guarda Municipal está sendo elaborado para ser enviado à Câmara.

Em março deste ano, a previsão inicial era armar a Guardar Municipal “em outubro, se der certo”. Naquele momento estavam em andamento uma série de licitações visando ao uso de armas letais, como coletes balísticos e vários tipos de alvos. Também foram licitadas algemas e uniformes.

Investimentos em armas e munições

– 50 Pistolas cal. 380 Taurus TH Hammer

Valor unitário – R$ 3.955,98

Valor total – R$ 197.799,00

– 10 Revólveres cal. 38

Valor unitário – R$ 2.367,02

Valor total – R$ 23.670,20

– 14 Escopetas cal. 12 Boito

Valor unitário – R$ 3.915,34

Valor total – R$ 54.814,76

Munições

– Cal 38 – R$ 22.558,00 – 6.000 unidades

– Cal 12 – R$ 27.558,00 – 6.300 unidades

Valor total: R$ 49.878,00

Spark

– 100 Baterias

– 50 Coldres

– 15 Carregadores

Valor total: R$ 39.760,05

Fonte: /maringapost.com.br

Compartilhar