1920

1930

1940

1950

1960

1970

1980

1990

2000

TUDO COMEÇOU EM 1926

1926

Constabile e Gianicola Matarazzo, dois imigrantes italianos, resolveram fabricar suas próprias munições de caça e tiro ao invés de importá-las. Assim surgiu a “Fábrica Nacional de Cartuchos e Munições – FNCM”, localizada na rua João Teodoro, no bairro do Brás em São Paulo.

1932

A CBC tem sua primeira experiência no âmbito militar, a Revolução Constitucionalista. A FNCM foi mobilizada pelo Comando Revolucionário, fornecendo munições para suas tropas, fabricando cerca de 30.000 munições calibre 7mm por dia.

1936

O controle acionário passa para a Remington Arms (estadunidense) e IC Imperial Chemical Industries (inglesa), havendo a mudança da razão social para Companhia Brasileira de Cartuchos. Nesta época, a CBC estava sediada em Utinga, município de Santo André, estado de São Paulo.

1938

Com a chegada de novos equipamentos vindos dos EUA, a CBC teve sua produção de 7mm ampliada de 30.000 para 100.000 unidades diárias.

1939

Inicia-se a 2ª Guerra Mundial. Mobilizada para esforço de guerra, toda a produção CBC é destinada para as Forças Armadas Brasileiras.

1942

A CBC adquiriu uma gleba de 1.888.564 m² no município de Ribeirão Pires – estado de São Paulo, onde instala seu campo de provas.

1953

Inicia-se a fabricação de cartucho de Fogo Circular calibre .22 LR, com a quantidade de 2,5 milhões de cartuchos/ano.
(Fogo Circular: quando a Mistura Iniciadora está contida na circunferência interna da base do cartucho, constituindo um verdadeiro anel).

1957

A produção de cartuchos .22 LR atinge 23 milhões/ano.

1960

Já tradicional produtora de diversos cartuchos, a CBC começa a fabricar armas para caça e prática de tiro esportivo.

1966

Iniciam-se as exportações de armas da CBC. As primeiras armas vendidas foram espingardas de um cano para os Estados Unidos da América, cujas exportações atingiram mais de 1,5 milhão de armas.

1969

É inaugurada em Ribeirão Pires-SP, a Fábrica de Mistura Iniciadora, componente das espoletas, à base de Fulminato de Mercúrio, alterada em 1975 para Estifinato de Chumbo e Tetrazeno.

1975

Iniciam-se as exportações de munições militares como o 9mm e o .50, em suas várias versões.
Neste mesmo ano, tem início a produção de espoletas carregadas com a nova mistura à base de Estifinato de Chumbo e Tetrazeno, o que proporcionou à CBC fabricar munições com espoletas não corrosivas e não oxidantes.

1976

A CBC comemora 50 anos de história.

1978

Foi iniciada a primeira fase da construção da fábrica de munições no município de Ribeirão Pires – SP.

1979

A CBC foi nacionalizada, sendo 70% do seu controle acionário adquirido por seus diretores, Líbero Cerroti, Leonardo Galassi e Tibério Stein e 30% pela IMBEL, constituindo-se, portanto, em uma empresa 100% nacional.

1980

Fornecido para Marinha o primeiro lote da munição 20x110mm AEIT (alto-explosivo-incendiário-traçante com autodestruição). Também neste ano é lançada uma grande variedade de novos calibres, inclusive munições operacionais com projétil expansivo.

1983

A CBC inicia suas exportações de munições de uso civil para os Estados Unidos.

1986

A CBC completa 60 anos de história.

1987

A produção de munições é transferida para sua 2ª unidade fabril em Ribeirão Pires - SP, liberando o espaço para a ampliação da fábrica de armas em Santo André. Também foi inaugurada oficialmente a fábrica de Pólvora na cidade de Ribeirão Pires, sendo esta uma das mais modernas do mundo, com projeto e desenvolvimento totalmente nacional.

1989

A atual administração assume o controle da empresa.
A fábrica de armas é fortalecida com o lançamento de mais um produto, a consagrada espingarda de repetição Pump CBC 12.

1990

A presença global da CBC foi iniciada na década de 90, com a criação de uma empresa de distribuição nos Estados Unidos, em Minneápolis – Minnesota, que atende a todos os estados americanos. No mesmo ano é criada a marca Magtech, para seus produtos civis e policiais no mercado internacional.

1992

A CBC renova a identidade visual, com nova logomarca, novas embalagens e lançamento simultâneo de mais de 40 produtos.

1993

A CBC transfere a sua fábrica de armas para Ribeirão Pires – SP, atual matriz CBC, agrupando todo o complexo industrial e administrativo em um só local.
A matriz CBC está localizada em um parque industrial de 188 hectares, onde 75% são de Mata Atlântica nativa totalmente preservada. Esta unidade consiste no maior complexo industrial do hemisfério sul voltado à fabricação de munições, abrigando também as fábricas de pólvora e mistura iniciadora, além da administração geral.

1995

Inaugurada a nova fábrica de munições de Fogo Central para Pistolas e Revólveres, a mais moderna do mundo.
Neste mesmo ano é criada uma nova linha de produtos CBC, que leva o nome de CBC Fishing, voltada ao mercado de Pesca e Camping. A linha CBC Fishing foi comercializada até o ano de 1999.

1996

A CBC comemora 70 anos de história.

1998

Inauguração da unidade fabril do Rio Grande do Sul. A planta da cidade de Montenegro, atualmente abriga as fábricas de Coletes Balísticos, Armas Longas, Carabinas de Pressão, Cartuchos de Caça e de Competição, complementando a linha de Munições Civis, Policiais e Militares CBC.

1999

Inauguração da fábrica de Coletes Balísticos CBC em Ribeirão Pires – SP, posteriormente transferida para a unidade CBC do Rio Grande do Sul.

2000

A CBC conquista o Certificado de Qualidade Internacional ISO 9001.

2003

Em 2003, com a implantação do centro de distribuição em Hamburgo – Alemanha, localizado estrategicamente na zona portuária da cidade, a empresa se fortalece na distribuição de munição civil e policial para países do continente europeu e asiático.

2005

É realizado Referendo Popular sobre o comércio legal de armas no Brasil. Vitória do “Não” à proibição, com 60 milhões de votos.

2005

A CBC volta a fabricar carabinas de pressão, com o lançamento das Carabinas Montenegro cal. 4,5mm.

2006

A CBC comemora 80 anos de história e lança no mercado as carabinas de pressão no calibre 5,5mm.

2006

A munição 7,62x51 mm Ball e Traçante CBC é homologada pelo Exército dos Estados Unidos, que passa a adquirir o produto CBC para utilização por suas tropas.

2007

A CBC adquire a empresa alemã MEN, tradicional fabricante de munições militares e policiais, com grande interação com o mercado europeu.
É realizada a aprovação da munição 7,62x51 mm Ball CBC pelo Centro de Testes Europeu da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte, o que significa que a munição pode ser utilizada em qualquer armamento previsto por esta renomada organização. As normas da OTAN contemplam rigorosos testes de desempenho e qualidade de munições.

2007

Início das atividades da CBC Distribuidora, localizada na Rodovia Anhanguera em São Paulo.

2009

Aquisição da Sellier & Bellot, localizada na República Tcheca. Fundada em 1825, a S&B é uma tradicional e importante fabricante de munições, com marca reconhecida e respeitada mundialmente.
Outra conquista é a aprovação da munição 9 mm Parabellum CBC pelo Centro de Testes Europeu da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte, o que significa que a munição pode ser utilizada em qualquer armamento previsto por esta renomada organização. As normas OTAN contemplam rigorosos testes de desempenho e qualidade de munições.

2009

É realizada a Campanha Nacional do Recadastramento de Armas, realizada pela Aniam - Associação Nacional da Indústria de Armas e Munições com apoio da CBC, que viabilizou o recadastramento de mais de 4 milhões de armas de fogo em todo país.

2010

Lançamento mundial das Carabinas Nitro CBC, um novo marco em carabinas de pressão.
Neste mesmo ano, a CBC realiza um contrato de locação e concessão com a empresa Amadeo Rossi S/A, localizada em São Leopoldo – RS, fabricante de iniciadores, passando a produzir e comercializar estes produtos.

2012

A CBC lança no mercado a Carabina Nitro-Six, a primeira do mercado em calibre 6mm.

2014

A CBC torna-se uma EED - Empresa Estratégica de Defesa, atendendo aos preceitos da Estratégia Nacional de Defesa, do Governo Federal e consolidando seu posicionamento como arsenal nacional, com permanente capacidade de mobilização a serviço das Forças Armadas brasileiras.
É concluído o desenvolvimento da munição 30x173mm, o maior calibre produzido pela CBC, para a VBTP - Viatura “Guarani” do Exército Brasileiro.

2015

CBC assume o controle acionário da Taurus, um dos maiores produtores de pistolas e revólveres do mundo.

2016

CBC completa 90 anos de história e avança como um dos principais fabricantes mundiais de munição. Referência global de excelência e sucesso, a CBC é líder mundial em munições para armas portáteis e um dos maiores fornecedores de munições de pequeno calibre para as forças da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte.